Sejam todos muito bem-vindos! Depois de um ano de sucesso é chegada a hora de "mimar" o nosso blogue alterando-lhe o visual... ;) Alteram-se umas coisas, mas continua-se a apostar no mais importante: Partilha, Estudo e Brincadeira... para que possamos aprender sempre um pouco mais! Portanto mãos à obra, pois "Saber é Poder"!!! ;) Hugs and Kisses
RSS

quarta-feira, 20 de abril de 2016

Para a ficha de avaliação de abril

Meninos,
Cá fica a ajudinha prometida:

O Teste é constituído apenas por uma parte de interpretação e outra de gramática.

Como de costume temos 2 textos e interpretação.

Para a gramática estudem muito bem:
- As preposições (contração) - pág. 220;
- Advérbios - pág. 214;
- Verbos copulativos, transitivos, Intransitivos - pág. 213;
- Funções sintáticas - pág. 224 - 226;
- Frase ativas / Passivas - pág. 223.

Estudem e tragam muitas dúvidas para a aula!

quinta-feira, 7 de abril de 2016

E SE FOSSE EU...




Promover a capacidade de nos colocarmos no lugar do outro. Tentar compreender como se sente. Só assim poderemos ajudar melhor – esta é a ideia primordial da iniciativa da Plataforma de Apoio aos Refugiados que quer saber como se sentiriam os alunos das escolas portugueses se estivessem na "pele de um refugiado".
Com o apoio da Direção-Geral de Educação, do Alto Comissariado para as Migrações e do Conselho Nacional de Juventude, a atividade que foi levada às escolas portuguesas foi inspirada num projeto chamado What's in my bag?, e que decorreu na ilha grega de Lesbos.
E se tivesse de partir para fugir da guerra? Se fosse refugiado? O que levaria na mochila?
A pergunta foi dirigida também à nossa comunidade escolar. Pais, alunos e professores foram chamados a refletir sobre a vida daqueles que chegam à Europa em busca de um futuro melhor.
Depois de uma manhã de reflexão com as turmas H, C e D do sexto ano partilhamos convosco as nossas mochilas:


This camping backpack will take:
Documentos - Documents
Dinheiro - Money
Telemóvel - Mobile Phone
Comida - Food
Roupas - Clothes
Tenda - Tent
Saco Cama - Sleeping Bag
Lanterna - Flashlight
Pasta de Dentes - Toothpaste
Escova de Dentes - toothbrush
Água Potável - Potable Water
I Would take my documents to escape to another coutry, some money to buy something according to my needs; some food and wather; Basic clothes , my sleeping bag, a tent, a flashlight to light the way at night.

Cristina Yanchuk 6ºD ;)





















In my schoolbag  I'ld take:

A lamp;
Some clothes;
Canned food;
Pasta;
Cookies;
A Hat;
Some money and my identity Card;
and a Pocket multi tool Knife.

Gustavo Pais - 6ºD 😋





 In my rucksacke I'ld take:

some money, clothes and foot wear, wather and food, some documents and sunscreen. I'ld also take a lantern, a map, a compass and a mobile phone with an extra battery for my mobile phone.

 
 Tomás Ribeiro,  6ºD 😇






















Carolina Fazendeiro 6ºC


Gabriela 6ºC








Tomás Brito,  6ºH

Beatriz, 6ºH

Pedro, 6º H

Gonçalo, 6ºH

Diogo, 6ºH

AS fotos dos restantes alunos foram partilhadas pelo Facebook de cada aluno:

#EBJGZARCO#ESEFOSSEEU#nome do aluno
















quarta-feira, 6 de abril de 2016

Iniciativa “E se fosse eu? Fazer a mochila e partir” 6 de abril de 2016

Iniciativa “E se fosse eu? Fazer a mochila e partir” 

6 de abril de 2016 

A Plataforma de Apoio aos Refugiados (PAR), em colaboração com o Alto Comissariado para as Migrações, I.P. (ACM, I.P), a Direção-Geral da Educação (DGE) e o Conselho Nacional de Juventude (CNJ),organizou a iniciativa “E se fosse eu? Fazer a mochila e partir”. Esta iniciativa terá lugar no dia 6 de abril, a nível nacional, nas escolas que a ela queiram aderir e tem como objetivo a sensibilização para o acolhimento de refugiados. “E se fosse eu? Fazer a mochila e partir” constitui um exercício de empatia com quem foge da guerra e procura proteção humanitária, levando os alunos a perceber o que quer dizer deixar tudo para trás, a ter de selecionar o que é mais importante, vivendo só com uma mochila numa jornada de perigos e incertezas, bem como a refletir e a debater sobre o que gostariam de encontrar se vivessem essa situação. 

Objetivos 
 Sensibilizar os alunos para a problemática dos refugiados, por forma a criar empatia com quem foge da guerra e procura proteção humanitária; 
 Refletir sobre o conceito de refugiado;
 Levar os alunos a colocarem-se no lugar de refugiados; 
 Perceber o que quer dizer deixar tudo para trás, ter de selecionar o que é mais importante e viver só com uma mochila numa jornada de perigos e de incertezas.






A campanha “E se fosse eu?” é inspirada no projeto “What’s In My Bag?” desenvolvido pelo International Rescue Comitee em colaboração com o fotógrafo Tyler Jump que fotografou um grupo de refugiados que chegou à ilha de Lesbos (Grécia) – uma mãe, uma criança, um adolescente, uma família, um farmacêutico e um artista – e que partilharam o que trouxeram nas suas mochilas quando tiveram de fugir.
Este ano, cerca de 100.000 homens, mulheres e crianças de países em guerra no Oriente Médio, Norte da África, e Sul da Ásia fugiram de suas casas e aventuraram-se em barcos de borracha pelo Mar Egeu para Lesbos, na Grécia.
Infelizmente poucos chegam ao seu destino com mais do que os seus bens essenciais. Os seus bens contam as histórias sobre seu passado e as esperanças que têm para o futuro.
https://www.youtube.com/watch?v=heDm_-ZNCMs&list=PLJXYpCpUso8xLoZPw7SK-TrZW_CNTgoyG


Na nossa escola também aderimos a este projeto/campanha e iremos mostrar o que colocaríamos nas nossas mochilas.

segunda-feira, 4 de abril de 2016

Jornal O Catarino!!!

Não se esqueçam de espreitar o Jornal do nosso Agrupamento!!!



Cliquem na imagem!!