Sejam todos muito bem-vindos! Depois de um ano de sucesso é chegada a hora de "mimar" o nosso blogue alterando-lhe o visual... ;) Alteram-se umas coisas, mas continua-se a apostar no mais importante: Partilha, Estudo e Brincadeira... para que possamos aprender sempre um pouco mais! Portanto mãos à obra, pois "Saber é Poder"!!! ;) Hugs and Kisses
RSS

sábado, 18 de outubro de 2014

Pronomes

Os pronomes pertencem a uma classe fechada de palavras e podem:

1- substituir grupos nominais; 
 Ex.: Consultei o dicionário. Consultei-o.
2- assumir diversas funções sintáticas;
- Sujeito Ex.: Eu vou ao cinema.
- Complemento direto Ex.: Consultei-o.
- Complemento indireto Ex.: Oferece-lhe um presente.
- Complemento oblíquo Ex.: Preciso disso para trabalhar.
- Complemento agente da passiva Ex.: O João foi entrevistado por ela.
- Predicativo do sujeito Ex.: Os alunos estiveram contigo?
- Modificador Ex.: Vem ao cinema connosco.
3- ser invariáveis;
Ex.: Não digas isso. Ninguém gosta de ouvir o que dizes.
4 - variar em pessoa, género e número;
 Ex.: Nós gostamos de cães, ele prefere gatos, mas elas não querem animais em casa...
5- ou variar apenas em género e número.
Ex.: Os meus alunos leem bastante: este gosta de poesia, estas adoram contos, aquela devora romances e aqueles preferem jornais e revistas.


Os pronomes são palavras que substituem nomes ou grupos nominais, evitando a repetição de elementos na frase.
Pertencem a uma classe fechada de palavras, ou seja, trata-se de uma classe com um número limitado e estável de elementos.
Os pronomes organizam-se em várias subclasses, entre as quais os pronomes pessoais, possessivos, demonstrativos, indefinidos, relativos e interrogativos.

1- Pronomes pessoais
Referem-se aos agentes ou entidades que intervêm no discurso. Podem variar em pessoa, género e número, mas também em caso (conforme a função sintática que desempenham na frase).

Exemplos: Eu simpatizo contigo. A mim, disse-me que ia às compras com ela. O vidro foi partido por ti, portanto tens de o pagar. As crianças ficam connosco durante as férias.

2- Pronomes possessivos
 São normalmente antecedidos de artigo definido e substituem nomes, estabelecendo uma relação de posse entre possuidor e possuído. Os pronomes possessivos variam em pessoa, género e número.
Exemplos: Encontrei os nossos livros e os vossos. Estas canetas que estão aqui são tuas?

3- Pronomes demonstrativos
 Indicam a localização dos nomes que substituem em relação às pessoas da enunciação. Podem ser invariáveis ou variáveis (em género e número).
Exemplos: Estas flores são muito lindas, mas aquelas não. Isso é muito caro. P

4-  Pronomes indefinidos
Exprimem um valor não definido e não específico em relação aos nomes que substituem. Podem ser invariáveis ou variáveis (em género e número).

Exemplos: Ninguém foi à festa. Alguns foram à festa.

5- Pronomes relativos
 Podem ser variáveis ou invariáveis e remetem para os nomes ou grupos nominais que substituem – os antecedentes, geralmente colocados antes do pronome.
Mas os pronomes relativos também podem não ter antecedente.

Exemplos: Estas ocorrências, as quais já nos tinham sido reportadas, repetiram-se na semana passada. Quem me disse que passavas por cá foi o meu irmão. O romance que li cativou-me desde a primeira página.

5-  Pronomes interrogativos
Introduzem frases interrogativas parciais diretas ou indiretas, identificando o constituinte interrogado. Podem ser invariáveis ou variáveis (em género e número).
 Exemplos: O que fez ela? Ela foi à janela e perguntou quem era.

0 comentários:

Enviar um comentário