Sejam todos muito bem-vindos! Depois de um ano de sucesso é chegada a hora de "mimar" o nosso blogue alterando-lhe o visual... ;) Alteram-se umas coisas, mas continua-se a apostar no mais importante: Partilha, Estudo e Brincadeira... para que possamos aprender sempre um pouco mais! Portanto mãos à obra, pois "Saber é Poder"!!! ;) Hugs and Kisses
RSS

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Sujeito, predicado e vocativo

Sujeito 

O sujeito simples é constituído apenas por um grupo nominal ou uma oração. 
O sujeito composto é constituído por mais do que um grupo nominal ou uma oração. 
O sujeito, pode, ainda não estar expresso na frase.

Sujeio simples:
Sujeito constituído apenas por um grupo nominal ou uma oração.
ex: O Pedro roubou a estrela brilhante.

Sujeito composto:
Sujeito constituído por mais do que um grupo nominal.
ex:O Cavaleiro e a sua família passaram o Natal juntos.

Sujeito não expresso:
Sujeito Subentendido:
Sujeito que, embora não sendo expresso na frase, pode ser facilmente identificado através da flexão verbal e do contexto em que a frase está inserida.
ex:Os irmãos entraram no barco. 
Cheios de alegria,remaram em direção à estrela.


Sujeito indeterminado:
Sujeito que não pode ser identificado.
ex Dizem que Dentes de Rato era uma menina estranha.

Predicado 

ex.

O cavaleiro viajou
Ontem, fui à piscina com os meus amigos.   
A função sintática de predicado é desempenhada por:
- um verbo/complexo verbal;
- um verbo/complexo verbal e seus complementos e/ou modificadores; 
- um verbo/complexo verbal e seus predicativos (no caso dos verbos copulativos). 

 Vocativo 

ex. Ó mãe
, ganhei o jogo! 
A função sintática de vocativo é desempenhada por um grupo nominal. 
O vocativo é usado em contextos de interpelação, ou seja, quando nos dirigimos a alguém, podendo ser precedido de uma interjeição de chamamento. Na escrita, separa‑se do(s) outro(s) elemento(s) da frase através de vírgula(s)

0 comentários:

Enviar um comentário