Sejam todos muito bem-vindos! Depois de um ano de sucesso é chegada a hora de "mimar" o nosso blogue alterando-lhe o visual... ;) Alteram-se umas coisas, mas continua-se a apostar no mais importante: Partilha, Estudo e Brincadeira... para que possamos aprender sempre um pouco mais! Portanto mãos à obra, pois "Saber é Poder"!!! ;) Hugs and Kisses
RSS

quinta-feira, 25 de janeiro de 2018

"Histórias vividas, histórias contadas... " - 4º testemunho


Manuela Canto é a nossa quarta convidada. É a mãe de Guilherme Canto, seu único filho, vive em Barcarena, tem 50 anos e é administrativa.
Nasceu em Barcarena, onde reside até hoje. Na sua infância brincou muito no quintal que tinha na casa dos seus pais. Brincava com o seu único irmão, que era mais novo, e com os vizinhos. Brincavam à macaca, às escondidas, faziam acampamentos e andavam de baloiço.
Estudou na escola da Cartuxa, aqui em Caxias. A escola era grande, tinha um pátio enorme, um campo de futebol e as salas ficavam onde era o antigo convento. As aulas de Educação Visual e Trabalhos manuais decorriam nuns pavilhões pré-fabricados, junto ao pátio.
Era uma aluna bem comportada e tinha boas notas. A disciplina que mais gostava era Trabalhos manuais. Gostava de ler livros de aventura e adorava o cheiro a livros novos.
Como os seus pais tinham dificuldades económicas, gostava de forrar os livros com folhetos de publicidade.
Quando foi para a escola secundária, tudo se tornou mais complicado e estava longe de casa. Estudou no Liceu da Amadora, onde chumbou o 8ºano. Na altura, as escolas não davam tanto apoio aos alunos, como hoje o fazem, e os seus pais não podiam pagar explicações. Reforça a ideia de que os alunos devem aproveitar ao máximo a escola e agradecer pelo apoio que recebem…mais tarde vão perceber o quanto é importante esta ajuda dada pela escola.
Assim que terminou o Liceu, fez um curso de computadores. Naquela altura os computadores funcionavam a disquetes e eram do tamanho das nossas secretárias. Tinham um tamanho “monstruoso”, em comparação com os computadores de hoje.
Em relação à sua profissão, gosta do que faz, embora tivesse escolhido outra profissão se tivesse oportunidade. Gostava de ser polícia, mas o seu pai não gostou da ideia e tratou de lhe arranjar emprego, na empresa do filho de um colega, que é onde trabalha até hoje.
Deseja muito sucesso a todos os alunos, mas para isso relembra que é preciso ser empenhado e trabalhador. Estudar é muito importante e os alunos devem aproveitar ao máximo as oportunidades que lhes são dadas.
“Por vezes basta um pequeno esforço, para se ter um grande sucesso”

Muito Obrigada Dona Manuela!!! 😊

0 comentários:

Enviar um comentário